Como ter uma boa operação ao importar da China

Atualizado: 18 de fev.

Já escrevemos anteriormente artigos sobre como manter um bom relacionamento com seu fornecedor e como determinar se o fornecedor é confiável. A receita parece bastante simples, mas como colocar estes conceitos, e muitos outros, em prática quando você está distante de seus fornecedores, não domina o idioma e, além disso, possui uma forma de trabalho e cultura totalmente diferente de seu fornecedor?

Este é um desafio no mundo globalizado, principalmente quando comprador e fornecedor estão em extremos opostos do globo, literalmente.


Se negociar com o fornecedor para obter um produto na qualidade desejada com um preço adequado já é tarefa árdua, os desafios aumentam com o andamento da produção. Garantir que seu produto será produzido no prazo acordado, dificuldades de entendimento das especificações do produto, ajustes durante produção, coordenação de empresa de inspeção independente, divergências entre fornecedor e agente de cargas local, atrasos, embarques em período próximo ao ano novo chinês… enfim, estes são apenas alguns exemplos de problemas que sua operação pode encontrar no dia a dia. Se sua empresa importa da China, com certeza você já viveu estas dificuldades.


Solução Estabelecer uma empresa na China, contando com equipe de suporte local, provavelmente ajudaria muito a reduzir estes impactos.

Em um cenário perfeito, sua empresa pode contar com uma equipe operacional local, falando a mesma língua de seu fornecedor, capaz de coordenar toda etapa de colocação de pedidos, acompanhamento de produção e embarque. Melhor ainda, esta equipe poderia contar com um supervisor ou encarregado designado de sua empresa, que falaria o mesmo idioma que você, entenderia seus problemas e falaria com você no seu horário. Certamente, este supervisor lhe ajudaria muito em momentos de crise.


Ótimo! Você já possui a receita para uma boa operação (aposto que isso não é novidade para você). Porém, estabelecer uma estrutura como esta demanda investimento inicial e custo de manutenção e, faz mais sentido quando você possui um volume de operações que justifique este custo. O fator custo vs. volume ainda é mais delicado quando consideramos uma equipe pequena, uma vez que a empresa teria uma série de custos fixos, indiferente do número de funcionários. Não que não valha a pena, mas dependendo do tamanho atual da sua operação, isto pode representar um custo bastante elevado.


Além de prestar todo o suporte para estabelecer empresas em Hong Kong e na China, a Brasia oferece também uma solução flexível, com baixo custo, para que sua empresa possa contar com uma equipe de apoio em Hong Kong ou na China, exclusiva ou compartilhada, para lhe ajudar a superar estas dificuldades. Nossa equipe possui vasta experiência no contato com fornecedores, acompanhamento de ordens, coordenação de inspeções e coordenação de embarques. Enfim, podemos auxiliar sua empresa na coordenação de todo o processo de pedidos e embarques de seus fornecedores na China, mesmo que ainda não possua uma estrutura própria na Ásia.


Entre em contato conosco através do info@brasia.hk, enviando um breve resumo das operações de sua empresa e dificuldades que enfrentam. Nossa equipe de consultores brasileiros pode lhe auxiliar a buscar a melhor maneira de suporte para sua empresa.