top of page

Fim das restrições a quem chega em Hong Kong

Atualizado: 15 de dez. de 2022

A partir desta quarta-feira, 14 de dezembro de 2022, Hong Kong termina com todas as restrições de viagem a quem chega à cidade e com teste negativo à covid-19. O chefe do governo de Hong Kong, John Lee Ka-chiu, anunciou as novas medidas antes do encontro semanal com o Conselho Executivo.


Até o momento, quem chegava à região administrativa de Hong Kong estava obrigado a cumprir o regime "0+3", não precisando cumprir quarentena em hotel, porém tendo três dias de gestão médica a domicílio, mantendo-se durante esse período o código de saúde amarelo que proibia, por exemplo, a entrada em restaurantes. Com a nova medida, Hong Kong adota o regime "0+0" e todas as chegadas ao território com teste negativo à Covid terão código de saúde azul, isto é, os viajantes poderão andar livremente pela cidade.


Segundo as novas regras, quem testar positivo mantém o código de saúde vermelho e é obrigado a respeitar o protocolo de isolamento atual.


De acordo com os abrandamentos de restrições anunciados por Hong Kong, os viajantes com destino a China continental e Macau não precisarão mais passar por testes pré-partida nos postos de controle e só serão obrigados a fazer um teste de PCR 48 horas antes de partir. Os visitantes estrangeiros que cumpram estes requisitos podem entrar no continente e em Macau diretamente através dos portos de Hong Kong.


"As decisões têm como base dados e riscos. O risco de infeção dos casos importados é menor que o risco de infeções locais. Acreditamos que o levantamento das medidas não vai aumentar o risco de surtos locais", comentou Lee durante o anúncio.


Fonte: SCMP – publicação local diária em língua inglesa

Komentarze


bottom of page